fbpx

Autoatendimento pode ser uma nova forma de fazer compras no mercado

A COVID19 está mudando profundamente os hábitos da sociedade e opções como autoatendimento podem ser uma opção de consumo

Por Cristiano Santos

Fundador da Kamus, designer web especialista em criação de sites com WordPress focado em negócio; pai, marido e goleiro de fim de semana.

player-video-autoatendimento-pode-ser-uma-nova-forma-de-fazer-compras-no-mercado
Clique na imagem para assister o vídeo no Globo Play

Que a pandemia do Coronavírus mudou os hábitos da sociedade, todo mundo já sabe. Qualquer pequena compra é uma verdadeira operação de guerra. É preciso usar máscara, manter o distanciamento, e depois da compra, é preciso higienizar os produtos, tomar banho e mudar as roupas. Complicado não é mesmo? Mesmo quando o distanciamento social terminar, esse comportamento ficará no imaginário do consumidor.

Pensando nisso, uma startup criou um modelo de mercado de autoatendimento que funciona dentro de condomínios fechados. Esse tipo de serviço é similar ao já em operação, Amazon Go, que é a rede de lojas da Amazon que opera em 26 lojas nos Estados Unidos.

O funcionamento é bem semelhante ao da gigante americana, todo a operação é baseada na confiança. O consumidor baixa um aplicativo no celular, ele mesmo faz a leitura do código de barras dos produtos e a conta chega no seu perfil do aplicativo, que faz o pagamento da compra. Simples, direto e em período de quarentena, muito útil pois evita aglomeração, uma vez que não há funcionários interagindo com o consumidor.

A empresa teve um crescimento de 700% no mês de abril em relação a março. E você? Acha que esse tipo de serviço pode ganhar escala depois da pandemia e virar um modelo de negócio para mais fatias da sociedade? Conte a sua opinião pra gente nos comentários.

Esse artigo é útil para alguém? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

O que achou do artigo? Comente o que achou!

Kamus WhatsApp
Fale com a Kamus!