O que as marcas precisam aprender sobre a pane do Facebook

6 horas sem todos os serviços do Facebook impactaram bilhões de pessoas no mundo, e o prejuízo foi gigantesco. E agora o que fazer?

O que as marcas precisam aprender sobre a pane do Facebook

6 horas sem todos os serviços do Facebook impactaram bilhões de pessoas no mundo, e o prejuízo foi gigantesco. E agora o que fazer?

Amplamente noticiada, a pane do Facebook, Instagram e WhatsApp geraram um gigantesco ponto de interrogação na mente de milhões de empresários e empreendedores pelo mundo afora que questionaram as suas próprias estruturas de comunicação e como a dependência dessas plataformas podem impactar positiva, mas sobretudo, negativamente nos negócios.

Não coloque todos os ovos na mesma cesta

Todo mundo já ouviu essa expressão do mercado financeiro não é mesmo?

Quando investimos algum dinheiro, sempre somos aconselhados a diversificar esses investimentos aplicando em diversas possibilidades, minimizando os riscos caso algum “crash” ocorra.

Essa lição é simples de entender, mas quando o assunto é Facebook, nos últimos anos parece que os empresários e empreendedores esqueceram. Basta lembrar da época em que muitas empresas configuraram os seus domínios para redirecionarem para a fanpage da sua marca dentro do Facebook, lembram disso?

Construindo um palácio no terreno do proprietário

"Para todos que foram afetados pela interrupção das nossas plataformas hoje: sentimos muito. Sabemos que bilhões de pessoas e negócios em todo o mundo dependem de nossos produtos e serviços para permanecer conectados. Agradecemos sua paciência", disse o Facebook.

Mark Zuckerberg

Esse foi o pedido de desculpas do Mark Zuckerberg por volta das 19:30h, mas que ainda enfrentava alguma instabilidade, que só foi restabelecida por volta das 21h, horário de Brasília.

Durante todo o período da pane, além de muita reclamação no Twitter, centenas de milhares de pessoas buscaram alterativas para manter a comunicação entre os seus pares.

Aqui no Brasil certamente quem mais sentiram a interrupção do serviço foram os usuários do WhatsApp. Sejam familiares, funcionários, parceiros e consumidores. 

Conseguem imaginar o volume de marcas que deixaram de atender o seu público porque toda as suas operações se dão através dessa plataforma?

Qual a lição aprendemos com essa falha do Facebook?

Aqui na Kamus sempre dizemos: 

Redes sociais são proprietárias, nós somos inquilinos, sejam pessoas ou marcas.

Deixar as redes sociais não é uma opção, mas focar 100% da atuação digital da sua marca apenas nas plataformas é um suicídio estratégico. 

Todos os dias as redes sociais mudam suas regras, algoritmos e políticas de uso.

Montar um modelo de negócio que tem como estratégia de comunicação apenas as redes sociais é completamente contraindicado. 

Se a sua marca faz isso, apenas pare! 

E o que fazer então, qual é a melhor estratégia?

Mas calma, a sua marca não precisa sair das redes sociais para gerar oportunidades de negócio. 

O fundamental é que você opte por uma estratégia de Inbound Marketing que tenho a sua estrutura como o centro da presença digital da sua marca. Toda comunicação precisa indicar o site da sua empresa como o local de conversão. (Recentemente escrevemos sobre esse tema por aqui.)

E claro, diversifique a comunicação da sua empresa nas plataformas digitais. 

Faça como o mercado financeiro, não coloque todos os ovos num único sexto, mesmo que seja o Facebook. Vai que da próxima vez eles levem mais que 6h para restabelecerem o sistema. 

Nunca se sabe!

Acha que esse artigo pode ser útil para alguém? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Quer fazer algum comentário sobre esse conteúdo?

Curtiu esse artigo?

Que tal recebê-lo por e-mail? Cadastre-se, é de graça!
Não se preocupe, não enviaremos spam, nem lotaremos sua inbox!

Você conhece alguns dos nossos produtos?

Kamus © 2016 / 2021
(21) 98412-8528 – falecom@kamus.com.br – CNPJ 26.649.828/0001-69
Incrivelmente hospedado por HostWP