fbpx
Marisa Lemos

Por Marisa Lemos

Carioca, marketeira, aquariana, botafoguense, mãe, apaixonada por internet, profissional de marketing digital, comunicação e mídias sociais.

Qualquer dono de empresa quer chegar ao potencial cliente com a oferta que vai fazê-lo clicar no “comprar”, telefonar ou entrar em contato pelo Whatsapp para fechar o negócio. Concorda?

Uma boa oferta no momento certo.

Essa é a chave para conquistar novos clientes. E como ter clientes frequentes e fiéis é algo que toda empresa necessita, tem que ser possível repetir esse acerto dia após dia. Mas como fazê-lo?

São dois os elementos-chave para conseguir ter sucesso nessa combinação de oferta e momento: conhecer bem o consumidor e ter uma boa estratégia de comunicação.

Ao mesmo tempo em que a internet deu aos potenciais clientes acesso a muitas informações e a oportunidade de comparar preços, ela também facilitou a vida das empresas. Uma das vantagens que o ambiente online oferece é a diminuição dos gastos para obter clientes. O estudo dos seus hábitos de compra, a pesquisa de informações, a comunicação: tudo isso ficou mais fácil, mais rápido e mais barato.

(Mas se você ainda está contando curtidas e seguidores e ficando feliz com esse tipo de conquista, você está longe de saber aproveitar essa vantagem…)

Aproveite o que a internet oferece e faça um esforço para conhecer seu público-alvo e ouvir o que ele tem a dizer. Se você errar na avaliação da linguagem a ser usada, se fizer a oferta errada, se fizer SPAM, há uma boa chance de ele não querer mais saber de você. Fora a chance de a sua campanha errada virar meme ou motivo de risadas na internet.

“Ah, mas falar é fácil, fazer é difícil.”

Nem tanto. Esforço e interesse são necessários, claro. E, como dito antes, uma boa estratégia de comunicação é também um elemento-chave. E aqui tem uma “pegadinha”: na verdade, para construir uma boa estratégia de comunicação é preciso, antes, conhecer o consumidor. Então parta do básico, do que você já sabe sobre ele, mas invista em saber e descobrir sempre mais.

Converse. Interaja. Monitore. Pesquise. Classifique.

Use o ‘stories‘ e os adesivos do Instagram para fazer perguntas sobre as preferências do seu cliente. Faça testes com suas campanhas. Use o Whatsapp (com permissão, sempre!).

Entenda que você pode agrupar seus consumidores em listas de distribuição e ter uma comunicação diferente para cada uma delas: o que só compra quando tem promoção; os “vips” que geram mais valor; os que compram pouco, mas todo mês; e assim por diante.

Leia o que os clientes escrevem em todos os seus canais de comunicação.

Estenda as conversas no ‘inbox‘. Não pare a comunicação na venda! Continue falando com ele.

Descubra como foi a experiência dele com o seu produto.

Todo dia é possível aprender mais sobre o seu cliente. Não desperdice essa chance. Entendê-lo, conhecer o que ele gosta, suas preferências, seu canal de contato favorito, vai ajudar não somente a sua comunicação, mas também a fazer uma boa oferta no momento certo – aquela que vai transformar seu esforço em venda.

Esse artigo é útil para alguém? Compartilhe!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on print
Print

O que achou do artigo? Comente o que achou!